Dia Ruim...

Às vezes as coisas parecem tão normais, parece que tudo está se encaixando e você está super feliz... Eu só não entendo porque esses momentos na minha vida são tão passageiros!
Resumindo, não irei falar de tempo, nem de fase, mas apenas de um dia: o meu dia de hoje!

Acordar 4 da manhã? tranquilo! Acordei bem hoje! Fui para o meu coléginho lindo e até me assustei comigo mesma, eu estava alegre, extrovertida mesmo estando acontecendo fatos que me deixaram suuper triste no fim de semana. Enfim, a manhã estava maravilhosaaa!
Vi uma pessoinha em "oculto" que me deixou mais feliz ainda. Tão feliz que nem conseguia subir as escadas direito... rsss

Maaas, de repente o céu começou a ficar cinza.
Coisas que eu tinha sonhado desapareceram na frente dos meus olhos. Mas nessa parte me culpo por ser tão ingênua e ainda acreditar que tudo pode ser como a gente espera.

E... como sabemos, um abismo puxa outro abismo pior ainda.
A partir do momento em que vi uma cena, que na verdade não foi apenas uma cena e sim um recado da minha mente do tipo: "alô, vê se acorda guria!" Daí por diante meu castelinho de areia recém construído foi desabando, andar por andar.

Apesar dos momentos angustiantes em que fui obrigada a passar hoje e de um terrível "nó na barriga" aqui estou eu, após ouvir um cd de S.O.A.D apenas esperando que venha o dia de amanhã...

5 comentários:

Cazuh disse...

viu?!

eu tb a vi!!!

=D

mas eu ainda não te vi!!!

PS: Cortei o cabelo

bjs

Cristiano disse...

"tristeza nao tem fim... felicidade sim"

Theo disse...

Te indikei a Um meme

Cazuh disse...

blog abandonado....

tsc tsc
tsc...

=D

Lizzie disse...

Em primeiro lugar, quero pedir sinceras desculpas pelo sumiço. Tive alguns probleminhas na hospedagem do blog e só há pouco tempo consegui resolver por completo. Agora [graças aos céus!] está tudo bem, e tudo em ordem.
Também venho aqui p'ra convidar-te a ir lá no blog, comemorar comigo as 112.000 visitas, das quais fizeste parte e sou muito grata.
Passa lá pra comer um bolinho comigo, ok? Te espero.

Beijocas.
www.lizziepohlmann.com